Arquivos da categoria: Infográficos

Cupcakes no Casamento

Já reparou como cupcakes no casamento ficam lindos? Eles podem ser usados tanto para complementar a mesa de doces quanto como lembrancinhas, podendo ser temáticos e/ou decorados com as cores da festa. Ficam lindos nas fotos e os convidados amam – especialmente as crianças!

Se você está pensando em ter os bolinhos em seu casamento, o infográfico abaixo te ajudará a decidir as quantidades, que variam de acordo com como serão servidos. Além disso, te dá uma dica valiosa de como acertar em cheio no sabor: massa de chocolate e cobertura de brigadeiro preto são a combinação mais desejada!

Cupcakes no Casamento

Cupcakes no Casamento

Origem do cupcake

Cupcake significa “bolo de xícara”. Ele surgiu no Reino Unido, mas foi citado pela primeira vez num livro americano, em 1796. Tem em sua composição farinha, ovos, leite, açúcar e fermento, que formam uma massa leve e macia. A primeira cupcakeria surgiu em Nova York, em 1996, e, desde então, os bolinhos têm se tornado cada vez mais populares, principalmente em casamentos e festas infantis.

Calculando a quantidade

Uma ideia interessante é convidar para o chá de panela, chá de lingerie ou casamento com cupcakes. Nesse caso, você deve calcular um cupcake por família. Se a ideia for utilizá-los como lembrancinhas ou para substituir os tradicionais bem casados, encomende um número equivalente à quantidade de pessoas em sua lista de convidados.

Se for servi-los no buffet, como complemento aos demais doces da festa, calcule um cupcake para cada quatro pessoas. Agora, se você estiver planejando ter cupcakes no casamento como decoração, a dica é colocar 8 bolinhos para cada metro quadrado de mesa.

Cupcakes no Casamento

Escolhendo os sabores

O sabor preferido dos brasileiros é, sem dúvida, chocolate. Mas, se você acha que cupcakes no casamento ficam melhores com massa branca, pode combinar baunilha com uma cobertura de brigadeiro preto ou branco. Outra excelente opção é doce de leite. Coberturas frosting de frutas, embora lindas, não costumam agradar tanto no quesito paladar.

Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy

O casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy finalmente aconteceu e, na última noite, só se falava dele! Com a mídia em cima e as redes sociais bombando, as noivas de plantão puderam acompanhar em detalhes o desenrolar do casamento com maior publicidade do ano, que, de tão badalado, até reality show ganhou (foram 12 episódios que você pode assistir clicando aqui).

Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy - InfográficoInfográfico do Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy

Quer saber o que rolou? Bem, prepare-se para uma chuva de números expressivos. Foram 12 horas de festa, com 700 convidados, 56 padrinhos (28 casais, 14 da noiva e 14 do noivo), uma orquestra com 16 vozes, 200 mil reais gastos em flores (entre elas, 7 mil rosas brancas e 4 mil pétalas de orquídeas), 14 lustres de cristal Baccarat, 27 pratos servidos por 115 garçons, 400 garrafas de Veuve Clicquot, 2400 docinhos, 8 andares de bolo red velvet com recheio de framboesa e chocolate branco e 1 food truck servindo acarajé.

Segundo a revista Veja, se você fosse reproduzir um casamento semelhante ao de Preta e Godoy, desembolsaria algo em torno de 2 milhões de reais. Alguns consideram o casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy uma ostentação descabida. Outros defendem o sonho da noiva e são só elogios para o bom gosto e o estilo clássico do casamento. E você? O que acha disso tudo?

Organizando o casamento: você sabe o que fazer?

Muitas noivas ficam loucas organizando o casamento. E por mais que vocês se decidam por uma data bem distante, sempre parece que o tempo é pouco e que não vai dar nada certo. Se você é uma noiva habilidosa ou prática, é provável que já tenha estabelecido um cronograma, uma lista de tarefas e uma meta do que precisa ser cumprido à cada etapa anterior ao casamento.

Mas se você se encaixa no perfil da noiva sonhadora ou da noiva desnorteada (não sabe que tipo de noiva você é? Clique aqui e faça o teste!), só de pensar na quantidade de coisas a fazer e decisões a serem tomadas já começa a surtar, querer remarcar e até ficar sem ar.

Então, antes de qualquer coisa, que tal respirar fundo e seguir uma listinha cronológica para não ficar completamente louca e aproveitar cada momento da preparação?

Organizando o Casamento

Organizando o Casamento

9 meses ou antes

Orçamento

O primeiro passo é estabelecer o orçamento, quanto dinheiro vocês estão dispostos e poderão gastar para fazer o casamento acontecer. Se ainda estiverem em dúvida sobre quanto dinheiro vocês precisarão guardar, nesse post nós explicamos direitinho como elaborar um orçamento para o casamento.

Local da cerimônia

A escolha e reserva do local onde a cerimônia será realizada é um dos primeiros pontos a serem acertados. Como a procura por locais religiosos costuma gerar listas de espera, é importante fazer a reserva o mais rapidamente possível.

Local da recepção

Caso vocês não decidam fazer uma recepção, ou se vocês decidirem realizar a cerimônia e recepção no mesmo local, essa não é uma preocupação. Nessa etapa da organização, vocês têm que visitar os locais de acordo com o que pretendem realizar. Assim como os locais para cerimônia, é importante reservar o espaço com antecedência.

Buffet

Nesse ponto do planejamento, vocês devem estabelecer o tipo de comida que será servida e fazer um primeiro contato com os prováveis fornecedores. Esse tipo de serviço também requer que a reserva seja feita antecipadamente.

Lista de convidados (1)

Esse também é o momento para que vocês elaborem a primeira versão da lista de convidados. Para alguns casais, uma versão é mais do que suficiente; para outros, é necessário se pensar muitas e muitas vezes, o que requer diversas versões antes de enviarem os convites. Para os casais em dúvida, esse post ajuda vocês a elaborarem a lista, sem maiores problemas nem brigas.

Celebrante

Alguns celebrantes têm agendas bastante apertadas, então, quanto antes vocês reservarem a data com ele, menores as chances de não conseguirem. Isso vale, principalmente, no caso de vocês quererem uma pessoa específica (seja um pároco, pastor, guia espiritual, etc).

Músicos para recepção e cerimônia

É nessa fase, também, que vocês precisam começar a tomar decisões sobre as atrações musicais, tanto da cerimônia quanto da recepção. Mais uma vez, quanto antes for feita a reserva, mais despreocupados vocês poderão ficar.

Vestido

A felicidade (e o terror) de muitas noivinhas é a escolha do vestido. Como esse item pode precisar de diversos ajustes, é importante que você comece a procurar o quanto antes.

Contratar cerimonial

Embora nem todos os casais optem por esse serviço, o papel do cerimonial é fazer que tudo corra da melhor forma possível. Caso não decidam contratar o serviço do cerimonial durante todo o período de preparativos, é interessante considerarem a contratação para o dia do casamento, dessa forma vocês terão menos preocupações quanto a algo dar errado.

Organizando o Casamento


9 a 6 meses

Convidar padrinhos/madrinhas

É nesse período que os convites para padrinhos e madrinhas deve ser feito. Eles serão responsáveis por dar suporte ao casal, ajudando em certas decisões e, até mesmo, ficando responsável por determinadas escolhas. Ainda não sabe como escolher os padrinhos? Nesse post, nós ajudamos vocês.

Fotógrafo e videógrafo

Os registros do casamento são quase tão importantes quanto o próprio casamento e, para encontrar a equipe que melhor se encaixa com o estilo do casal, é necessário procurar. E procurar. E procurar. Isso pode levar tempo, então, quanto antes, melhor.

Convites e itens de papelaria

É nessa fase dos preparativos de casamento que vocês irão escolher os itens de papelaria. Convites, save the date, cardápios, cartões de agradecimento e até lembrancinhas. Principalmente se vocês quiserem criar uma identidade visual única para todos os produtos.

Enviar o save the date

Em casamentos onde grande parte (ou parte significativa) dos convidados mora longe, é recomendado enviar um cartão de save the date. Ele é um pré-convite que informa os  convidados sobre a data do casamento, dessa forma eles poderão se organizar para estar presentes.

Reservar a suíte nupcial

 Esse não é exatamente um item indispensável, mas é recomendado que o casal já faça a reserva da suíte para a noite de núpcias.

Pesquisar a lua de mel

Nesse momento do planejamento, vocês devem começar a pesquisar sobre a lua de mel. Destinos, serviços, transporte e quanto vocês irão gastar, é o momento para vocês tirarem as dúvidas.

Lista de convidados (2)

Se vocês ainda estão trabalhando na lista de convidados, esse é o momento em que vocês deveriam estar com a segunda versão (ou até mesmo a versão final) pronta.

Degustações

Queridinha de muitos noivos e muitas vezes odiada pelas noivas, as degustações vão ajudar vocês a decidirem sobre os melhores fornecedores de buffets e doces.

Traje noivo

Escolher os trajes do noivo, em geral, não é um trabalho muito difícil. E, como ele não pode ver a noiva no vestido antes do grande dia, talvez essa seja uma atividade para o noivo realizar sozinho.

Organizando o Casamento


 6 a 4 meses

Reservas da lua de mel

Caso ainda não tenham feito as reservas para a lua de mel, esse é o momento.

Lembrancinhas

Nesse período, vocês devem começar a comprar (ou elaborar) as lembrancinhas que serão entregues não só aos convidados, mas também aos pais, padrinhos, madrinhas e crianças que farão parte do cortejo.

Decoração

Apesar de alguns locais já oferecerem a decoração inclusa no contrato, vocês podem tanto não gostar do estilo de decoração, quanto encontrar algo mais em conta. Por isso, é importante que vocês pesquisem e, nessa etapa, fechem o contrato com a empresa que ficará responsável por isso.

Bolo de casamento

A escolha do bolo ocorre nesse período.  Esse processo pode envolver mais degustações, mas é necessário contratar o serviço.

Versão final lista de convidados

Agora é hora! Nesse momento, vocês precisam estar com a versão final da lista de convidados, prontos para enviar os convites.

Endereçar os convites

Lista de convidados fechada, é hora de endereçar os convites.

Organizando o Casamento


4 a 2 meses

Reservar transporte para noiva no dia do casamento

Se a noiva vai fazer uma entrada triunfal e chegar em um carro específico, é necessário reservar o carro (e, em geral, contratar o motorista) que será responsável por leva-la até o local da cerimônia.

Escolher as músicas da cerimônia

Nesse ponto, vocês precisam criar uma lista das músicas que serão tocadas na cerimônia. Principalmente, porque determinados locais e celebrantes requerem aprovar a lista de músicas por diversos motivos.

Comprar alianças

Se vocês ainda não tem as alianças, esse é o momento para comprá-las.

Enviar convites

Esse é o momento mais indicado para realizar o envio dos convites.

Prévia da noiva

É hora, também, de testar cabelos e maquiagens e criar o visual da noiva.

Registrar as listas de presentes

Com os convites enviados, os convidados começarão a perguntar sobre as listas de presentes e onde vocês estão registrados. É necessário, então, estar preparado.

Organizando o Casamento


6 e 2 semanas

Obter licenças de casamento

Nesse momento, vocês precisam dar entrada nos papéis para obter a licença do casamento.

Enviar a lista de músicas para o DJ/banda

Dependendo dos contratos firmados entre vocês e a atração musical, esse é o momento em que vocês precisam fornecer a lista com as músicas que serão tocadas durante a festa (e até daquelas que vocês não querem ouvir de jeito nenhum).

Último ajuste do vestido

O dia está chegando e é hora de realizar a última prova e ajustes no vestido.


 2 e 1  semanas

Buscar o vestido

Todos ajustes já estão feitos e é hora de buscar os trajes do noivo e o vestido da noiva. Falta pouco!

Confirmar as reservas

Precaução nunca é de mais. É importante verificar se todas as reservas estão corretas, para não haver imprevistos.

Organizar os pagamentos que ainda serão feitos

Por mais que vocês já tenham pago a maioria dos serviços, pode ser que alguns contratos só sejam pagos no dia da celebração. Dessa forma, é importante que vocês deixem todos os pagamentos organizados.

Fazer as malas para a lua de mel

Hora de fazer as malas para a lua de mel. Para não esquecer de nada, que tal dar uma conferida neste post?

Confirmar os últimos detalhes com os fornecedores

Mudanças de última hora? É sempre importante conferir os últimos detalhes com cada fornecedor para que nada saia diferente do combinado.

Organizando o Casamento


No dia anterior

Dia de beleza

O “dia da noiva “(e por que não o “dia do noivo”) são os momentos de relaxamento e descontração antes do grande dia.

Fechar os últimos detalhes com a cerimonialista (ou pessoa responsável pelo dia do casamento)

Quer vocês tenham contratado um profissional, ou pedido um favor para uma pessoa de confiança, é hora de acertar os  últimos detalhes do dia da cerimônia. A ordem de entrada do cortejo, os últimos pagamentos a serem feitos ou qualquer outro problema serão responsabilidade de quem quer que seja, menos do casal.


 No dia do casamento

Aproveitar muito e ser feliz!

Curtam, curtam, curtam muito! Esse é o dia que vocês tanto esperaram e programaram e, nada melhor, do que poder aproveitar tudo que o amor de vocês criou.

Montando um cronograma para a festa de casamento

Muitos casais ficam perdidos na hora de montar o cronograma para a festa de casamento, principalmente sentindo a pressão de criar uma festa memorável. Para aqueles casais mais organizados, isso pode parecer redundante, mas criar um cronograma de como a festa deve correr ajuda a evitar surpresas e fazer com que todo mundo aproveite a festa de casamento da melhor forma possível.

É bom lembrar que grande parte dos locais para recepção trabalham com aluguel do espaço por um período demarcado de tempo. Dessa forma, vocês evitarão constrangimentos e poderão aproveitar ao máximo o tempo disponível.

O cronograma abaixo foi estabelecido tendo em mente uma festa de casamento com 5 horas de duração, que é um tempo bastante comum para a comemoração. É importante que o casal lembre-se de conferir a quantidade de horas contratadas e adaptar ao cronograma às necessidades e possibilidades. Fora isso, é só aproveitar!

festa-de-casamento-linha-do-tempo

Começou a festa de casamento

Depois de terminada a cerimônia, o casal parte para a sessão de fotos enquanto os convidados já estão a caminho da recepção. Esse é o momento em que seus convidados vão começar a aquecer os motores se deliciando com drinks e, às vezes, até mesmo um aperitivo de entrada.

+1:00 – Chegada dos recém-casados (e primeira dança!)

Após cerca de uma hora, os recém-casados já vão estar prontos para fazer a grande entrada (sem contar que, a essa hora, todos os convidados já conseguiram chegar ao local da recepção e encontram-se muito bem instalados). A entrada dos recém-casados é marcada, também, pela primeira dança. É de costume que o casal seja anunciado, chamando assim a atenção dos convidados.

Festa de Casamento - Entrada dos NoivosFoto: Noivas.net

+1:20 – Hora do Brinde

Terminada a primeira dança, chega o momento ideal para que vocês façam os brindes e agradeçam a presença de todos (além de quaisquer outras considerações que vocês desejem). Recém chegados e com todos os olhares voltados para vocês, não poderia haver momento mais propício, que não necessita de um pedido de atenção.

+1:30 – Prato principal

A essa altura, vocês já estarão instalados e com todos os convidados festejando. Chega, então, um dos momentos mais esperados da recepção: a refeição. Independente de como será servida a comida em seu casamento (buffet, empratados ou mesmo salgadinhos), esse é o momento que os noivos têm para finalmente darem uma leve descansada, e é importante que o façam. Lembrem-se: vocês ainda terão uma longa noite pela frente.

Nesse momento, é bom que a música do ambiente esteja em um volume mais baixo e com músicas mais calmas, proporcionando um ambiente favorável a conversas entre os convidados.

Festa de Casamento - Buffet

+2:45 – Vamos dançar!

Depois de devidamente abastecidos e alimentados, é hora de ir para a pista de dança e aproveitar muito. O casal fica responsável por “puxar” os convidados a participarem da bagunça. É nesse momento que acontece o famoso momento de “Jogar o buquê” e todas as brincadeiras que vocês podem ter planejado para entreter os convidados.

+4:00 – Corte do bolo

Mais ou menos uma hora antes do fim da festa é o momento ideal para cortar o bolo. Nesse ponto, é comum que os convidados já estejam começando a ficar um tanto quanto cansados (e, em alguns casos, bêbados!) e é chegada a hora de servir os doces, café ou qualquer mimo que vocês tenham reservado para os momentos próximos ao fim da festa de casamento.

Festa de Casamento - Bolo

+4:15 – Dance, dance, dance

Logo que o bolo for cortado, é hora de vocês agitarem a pista de dança para aqueles que ainda desejarem gastar todas as energias possíveis. Esse é um bom momento para pedir para o DJ ou a banda tocarem aquelas músicas com cara de fim de festa que fazem todos dançar.

+5:00 – Hora de se despedir

Aqueles que ainda estiverem de pé serão guiados pelo cerimonialista (ou por quem quer que tenha ficado responsável por ocupar tal posição) para a área externa do salão. A música já vai ter acabado e vocês estarão indo embora celebrando quão memorável a festa de casamento foi.

Orçamento de casamento: passo-a-passo para montar o seu

Orçamento de CasamentoImaginar o casamento perfeito pode ser uma perdição. Principalmente para aqueles casais que têm dificuldades em elaborar um orçamento e se manter fiel a ele. Para ajudar nesse momento, nós elaboramos um passo-a-passo de como criar e utilizar seu orçamento de casamento da melhor forma possível e de qual porcentagem utilizar em cada item dos preparativos, como alianças, cerimônia, recepção, buffet, decoração, fotografia, filmagem, entretenimento, convites etc.

Orçamento de Casamento

1. Conversem

Conversar é fundamental. Converse com seu noivo, com seus familiares e, até mesmo, com aquela amiga que você sabe ser totalmente controlada com dinheiro. Por mais que, para algumas pessoas, dinheiro seja sempre um tópico tenso de ser abordado em qualquer conversa, nesse caso, é melhor falar sobre.

Quanto mais vocês conseguirem conversar e decidir sobre os gastos, sobre o dinheiro que poderão utilizar e quanto estão dispostos a poupar, menores as chances de acontecer algum problema e vocês começarem o casamento cheios de dívidas e preocupações.

orcamento-de-casamento-5

2. Ajudas?

Conversando, inclusive, vocês podem descobrir se terão alguma ajuda na hora de pagar as contas. E isso não precisa partir das pessoas. Alguns casais contam com ajuda dos pais, tanto da noiva quanto do noivo.

É claro que isso depende do que vocês, enquanto casal, decidirem. Vocês podem querer pagar todo o casamento, assim como podem aceitar de bom grado qualquer ajuda que seja disponibilizada. Não há nada de errado com nenhuma das possibilidades, desde que o casal esteja de acordo.

3. Quanto estão dispostos a gastar?

Decididos sobre quem vai pagar o quê, chega a hora de estabelecer quanto vocês consideram possível e estão dispostos a gastar com o casamento.

Vocês devem estipular um valor máximo que podem gastar, sem que isso comprometa o futuro financeiro do casal. Afinal, quem quer começar uma nova vida – a dois – cheia de dívidas?

Orçamento de Casamento

4. Separando o dinheiro

Uma boa ideia é abrir uma conta, preferencialmente tipo Poupança, para que o dinheiro destinado ao casamento fique separado dos demais gastos.

Nessa conta, vocês armazenarão o dinheiro para o casamento. E, para isso, precisam estipular um valor a ser depositado, não importa o que aconteça. Uma boa forma de organizar isso é escolher um valor mínimo de depósitos a serem feitos por mês.

5. Quanto podem guardar mensalmente?

Tendo em vista o total de dinheiro que precisarão ter, chega a hora de estipular quanto poderão reservar por mês.

O ideal é que 20% do rendimento do casal sejam separados e depositados em uma conta. Mas, como dissemos, a ideia é que esse seja um valor mínimo. Se em determinado mês os gastos do casal forem menores, vocês poderão poupar mais dinheiro, embora isso não signifique que no mês seguinte podem adicionar menos dinheiro na conta. Fiquem atentos a isso!

Orçamento de Casamento

6. Quantidade de pessoas/gasto por pessoa

A quantidade de convidados influencia diretamente no tamanho do gasto que vocês terão. Desde o aluguel de um espaço que comporte todo mundo, até ao valor do buffet (que, via de regra, é calculado por pessoa).

Esse é um bom momento para que vocês estipulem uma base do que seria a lista de convidados. Vocês, ainda, não precisam ter o número certo de convidados, mas um número mais próximo do que será a realidade.

Dentro disso, precisam analisar quanto poderão gastar com cada pessoa (do convite à lembrancinha).

7. Data do casamento

Pode parecer estranho, mas a data do casamento também influi na quantidade de gastos. Em mais de uma forma.

Uma maneira de otimizar o orçamento de casamento de vocês é pensar sobre os detalhes. Certos tipo de produtos (desde ingredientes para o buffet até as flores para a decoração) são sazonais (variam de acordo com a época do ano), o que pode encarecer ou baratear os custos.

Além disso, certos serviços têm custos maiores em épocas de maior procura. Datas próximas a grandes feriados e épocas de grande incidência de casamentos (como maio e dezembro), se evitadas, podem contribuir para a diminuição dos gastos.

8. Quanto gastar com…

Agora, se tem algo que vai ajudar é dividir os gastos em etapas. Pensem no orçamento de casamento total. Vocês devem atribuir porcentagens a cada item a ser pago.


Orçamento de Casamento


Considerando um orçamento de R$30 mil

A. Recepção

Na recepção, o ideal é que sejam gastos, aproximadamente, 38% do orçamento (ou 46% se incluirmos entretenimento e iluminação). Pode parecer uma quantidade alta, mas vocês precisam lembrar que uma grande gama de serviços já está nesse cálculo.

No item da recepção, vocês devem levar em consideração não só o local em que será realizado, mas – também – os gastos com buffet e quaisquer atividades que vocês desejem ter.

Para o nosso orçamento de casamento fictício, o valor a ser gasto com a recepção seria R$11.400,00.

Caso vocês decidam contratar o buffet separado do local, o ideal é que o valor gasto com toda a parte de alimentação do casamento custe, em média, 28% do total. Sendo assim, R$ 8.400,00.

Orçamento de Casamento

B. Cerimônia

Em geral, os custos com a cerimônia não costumam ser elevados. Alguns locais de celebração podem ter taxas de reserva da data ou da contratação de determinados profissionais.

Para a cerimônia é recomendado destinar 8% do orçamento. No nosso orçamento de casamento fictício, essa porcentagem seria igual à R$ 2.400,00.

C. Trajes

Nesse ponto, os gastos podem ficar um pouco complicados. Vocês precisam pensar se vão alugar ou comprar os trajes, o que pode afetar nos gastos. Independente disso, é esperado que os gastos com trajes fiquem em torno de 10% do orçamento total.

Além disso, nos trajes também precisam ser inclusos os gastos com as roupas das crianças que farão parte do cortejo (damas de honra, pajens e/ou floristas). É claro que o casal precisa conversar com os pais das crianças e decidir quem vai pagar por esse serviço, mas é costumeiro que os noivos se ofereçam para pagar.

Para o nosso orçamento de casamento fictício, o valor a ser gasto com os trajes seria de R$ 3.000,00.

Orçamento de Casamento

D. Flores e Decoração

As flores e decoração do casamento são uns dos itens que podem ter o custo bastante flexível, principalmente quando o casal leva em consideração que determinados pacotes de serviço. Alguns locais de recepção já incluem em seus custos a decoração do local. O mesmo pode ocorrer em alguns locais de cerimonia. Nesse caso, os custos podem ser facilmente diminuídos e os 10% que antes seriam dedicados a esse propósito, podem ser empregados para algum outro gasto.

Considerando nosso orçamento de casamento, e o fato de que nenhuma empresa nos ofereceu esse serviço, o valor a ser gasto seria R$3.000,00.

E. Entretenimento e iluminação

Toda celebração precisa de música. E esse é um item que muitos casais não abrem mão nessa data.

O entretenimento do casamento varia das escolhas do casal. Pode ser que vocês prefiram contratar um DJ, ou uma banda, ou ambos. Pode ser que vocês decidam por uma cabine fotográfica. Ou talvez vocês queiram luzes estroboscópicas e robôs. Tudo depende do casal, desde que caiba nos 8% destinados ao entretenimento e iluminação.

Em nosso orçamento de casamento fictício, o valor correspondente a isso seria R$2.400,00.

F. Fotografia e filmagem

Em tempos de smartphones e câmeras digitais, há quem desconsidere a importância da fotografia e da filmagem em um casamento. Grande erro! Por mais que os aparelhos produzam imagens de qualidade e pareçam ser tão bons quanto os profissionais, falta – muitas vezes – o conhecimento de como operá-los.

É recomendado que 12% do valor total sejam direcionados à contratação de fotógrafos e videógrafos, que ficarão responsáveis por registrar todos os momentos mais importantes do dia de vocês.

Em nosso orçamento de casamento fictício, isso representará R$3.600,00.

Orçamento de Casamento - Fotografia

G. Artigos de Papelaria

Por mais que nem sempre pareça, a parte de papelaria de casamento é algo que costuma encarecer o orçamento. Justamente porque as pessoas não costumam julgar que de baratinho em baratinho o valor vai crescendo e ficando caro.

Uma coisa é você fazer 20 convites que custem R$12; outra coisa é você comprar 200 convites a esse preço. É esperado que o casal gaste em torno de 3% do orçamento com os itens de papelaria (e isso já inclui o envio dos convites, por exemplo).

Em nosso orçamento de casamento fictício, o valor gasto seria de R$900,00.

H. Alianças de casamento

A compra das alianças de casamento também figura nessa lista. O orçamento de vocês deve cobrir todos os gastos da celebração, e isso inclui os 5% que devem ser destinados à compra das alianças.

Em nosso orçamento de casamento fictício, R$1.500,00 teriam essa finalidade.

I. Estacionamento e transporte

Nem sempre acontece, mas algumas noivas gostam de chegar à cerimônia em um carro diferente. E, independente disso, é importante pensar no estacionamento para os convidados. Tudo isso, entretanto, não é crucial e nem o mais importante da festa.

São indicados 3% do orçamento total para esses itens, mas é bom lembrar que eles podem ser dispensáveis (ou mesmo estar inclusos em algum pacote contratado).

Nesse caso, R$ 900,00 seriam o suficiente para cobrir esse tipo de gasto.

Orçamento de CasamentoFoto: Blush by Brandee Gaar

J. Lembrancinhas e presentes

As lembrancinhas são item indispensável. Seja qual for o tipo de mimo escolhido pelo casal, os convidados vão adorar receber. E, em geral, não devem ser gastos muito altos: apenas 3% do orçamento são destinados a isso.

Em nosso orçamento de casamento fictício, isso representa um gasto de até R$900,00.

K. Intercambiáveis

Todas as porcentagens apresentadas no post não são fixas, são apenas ideias de como dividir o dinheiro para ter um limite em cada área. Ainda assim, vocês podem optar por não gastarem nada com estacionamento e transporte e aplicarem os 3% que seriam utilizados para cobrir esses gastos para aumentar o valor a ser gasto com os trajes, por exemplo.

L. Atenção às letras miúdas!

Um jeito de não estourar o orçamento de casamento é prestar bastante atenção aos contratos. Algumas empresas oferecem vários serviços dentro de um mesmo contrato, o que pode ser bom ou ruim.

Pelo lado bom, vocês podem conseguir negociar um preço mais baixo, já que estão contratando diversos serviços com um mesmo fornecedor. Entretanto, você precisa confiar bastante na empresa e saber se vale à pena. Em alguns casos você pode contratar determinado serviço pelo menos preço que contrataria (ou até menor) junto com outros. É tudo uma questão de pesquisar, pesquisar e pesquisar.

Conhecendo bem o contrato vocês saberão sobre o quê existem taxas extras, se elas podem ser evitadas, retiradas ou negociadas e se vale mesmo à pena fechar com a empresa X ao invés da Y. Lembrem-se sempre de verificar tudo.

Orçamento de Casamento

M. Imprevistos

Imprevistos acontecem. E não há como se certificar que nada vai acontecer só por ser o dia do casamento de vocês. É sempre aconselhável deixar uma quantia de, aproximadamente, 5% do valor estipulado para o orçamento de casamento, como reserva para qualquer imprevisto.