Arquivo do autor:Laura Thomaz

Casando fora do Brasil: destination wedding internacional

Quando falamos sobre destination weddings explicamos que existem diversas interpretações do que realmente isso significa: casar em outra cidade, casar em outro país ou simplesmente fazer do casamento uma experiência cultural. Para abranger todas as definições, trazemos para nossas noivas, em parceria com a Lela Eventos algumas dicas de destinos mais procurados por casais brasileiros que decidiram fazer um destination wedding internacional.

Itália

O país em formato de bota do centro-sul Europeu é cheio de histórias para contar. Não só por tudo que já aconteceu por ali (o Império Romano, por exemplo), mas por todos os milhares de monumentos e paisagens belíssimas.

Com 300 quilômetros de extensão e mais de 59 milhões de habitantes, o país faz parte da União Europeia e tem uma dezena de cidades sempre indicadas nos guias turísticos. Entre elas, a capital, Roma, Milano, Bologna e Veneza. Além disso, é considerada um dos 25 países mais desenvolvidos do mundo e tem um dos dez melhores índices de qualidade de vida.

quem-casa-quer-destination-wedding-italia

A moeda oficial é o Euro e lá se fala, majoritariamente, italiano (em algumas regiões se fala alemão, francês e/ou esloveno). É possível viajar pelo país de trem, com trens indo e vindo das principais cidades turísticas a um preço razoável. Já o clima é bastante variado de acordo com a geografia: as áreas mais elevadas são úmidas e frias, enquanto a região litorânea conta com invernos amenos e verões quentes (e, geralmente, secos).

Se a hospitalidade dos italianos e atrações turísticas ainda não forem o suficiente para convencer vocês, talvez os roteiros gastronômicos ajudem vocês a se decidirem. Berço de diversas tradições e pratos muito conhecidos e apreciados (massas, pizzas e uma variedade enorme de molhos), casar na Itália pode ser uma experiência gastronômica incomparável.

destination-wedding-dica-italia

Paris

A capital da França têm cerca de 105 mil quilômetros quadrados e aproximadamente dois milhões de habitantes e é conhecida como a “Cidade Luz”. Paris é bastante falada por seus prédios e monumentos, bem como pela arte e moda, tão presentes na cultura parisiense.

Como em todo o país, a língua nativa é o francês (mas você pode facilmente encontrar falantes de língua bretã, occitana e provençal) e a moeda oficial é o Euro. As opções de turismo são inesgotáveis, desde museus e suas famosas obras de arte até a versão francesa da Disney: a EuroDisney.

quem-casa-quer-destination-wedding-paris

Para aqueles que não querem montar um roteiro fixo, Paris é também conhecida por ser uma cidade de pequenas surpresinhas, com cafés e restaurantes espetaculares em cada esquina. A seleção de vinhos e queijos também costuma atrair os visitantes, além do clima romântico natural da cidade.

 destination-wedding-dica-paris

Chile

Um dos poucos vizinhos a não fazer fronteira com o Brasil, o Chile é conhecido por suas vinícolas e pelas cordilheiras dos Andes. Entre os destinos mais procurados no país estão a capital Santiago, a Ilha de Páscoa e Viña del Mar, na região dos vinhedos.

O país tem mais de 750 quilômetros quadrados de território e cerca de 17 milhões de habitantes, sendo que quase um terço da população encontra-se na região metropolitana de Santiago. A língua oficial é o espanhol, cujas raízes não diferem muito do português (facilitando a compreensão entre os nativos e os visitantes brasileiros que, muitas vezes, não falam a língua). A moeda oficial é o peso chileno.

quem-casa-quer-destination-wedding-chile

O Chile tem um clima bastante semelhante ao brasileiro. Quanto mais ao Sul do país, mais fria a região, tendo como melhores épocas para se viajar a primavera e o outono. Para aqueles interessados em esquiar, a região sul propicia essa atividade durante o inverno, quando chega a nevar, com as baixas temperaturas.

Degustações de vinho, esqui, lagos termais e até vulcões são algumas das atrações que chamam a atenção dos turistas e dos casais. O país tem atraído muitos visitantes brasileiros pela proximidade e facilidade de acesso, além das paisagens maravilhosas que rendem fotos deslumbrantes.

destination-wedding-dica-chile

Ilhas Maurício

A República de Maurício, mais conhecida por Ilhas Maurício, está localizada em pleno Oceano Índico, entre as costas da África e da Ásia. Antigamente, a região era uma colônia do Reino Unido, mas nos anos 1990 passou a ser uma república independente.

Pouco mais de um milhão de habitantes ocupam os dois mil quilômetros de área das Ilhas (a ilha tem 35 quilômetros de extensão!), cercados pelo mar de águas azuis e paisagens cinematográficas. A moeda oficial do país é a rúpia mauriciana. Apesar de o inglês ser listado como o idioma oficial, grande parte da população também é fluente em francês e/ou língua crioula.

quem-casa-quer-destination-wedding-ilhas-mauricio

As influências de outros países e regiões estão presentes muito além dos idiomas. A culinária nacional mistura características crioulas, chinesas, francesas e indianas e não é difícil ver essa combinação em pratos típicos. Assim como no Chile, os melhores momentos para visitar o país é durante as estações de primavera e outono, quando o clima é ameno.

O clima e os ventos da região propiciam várias experiências para os que gostam de esportes aquáticos, além das locações perfeitas para as fotos do casamento.

destination-wedding-dica-ilhas-mauricio

Grécia

Vocês devem ter ouvido muito nos últimos anos sobre os problemas financeiros do país. Isso não tira o mérito de algumas das paisagens mais lindas do mundo, com suas cidades e vilas rústicas, além da enorme quantidade de ilhas paradisíacas. Para aqueles casais apaixonados por história, Atenas não poderia ficar de fora de um roteiro.

Mais de 11 milhões de habitantes ocupam os 131 mil quilômetros quadrados que compõe o país. A língua oficial é o Grego e, como parte da União Européia, a moeda oficial é o Euro. A Grécia é banhada por alguns dos mais famosos mares da Europa e da Ásia, além de ser o centro de muitas histórias.

quem-casa-quer-destination-wedding-grecia

Berço dos jogos olímpicos e cenário para milhares de histórias mitológicas (Minotauro e o labirinto, a morada dos Deuses e as diversas criaturas são só alguns dos exemplos), a Grécia têm variações climáticas bastante marcadas de acordo com a região geográfica: na região central apresenta invernos suaves e verões quentes e secos; a região noroeste e sua cadeia de montanhas proporcionam temperaturas mais baixas, chegando a apresentar nevascas.

Mykonos, Santorini, Creta e Olímpia são alguns dos destinos mais procurados (juntamente com a capital, Atenas), e oferecem atrações que vão desde visitas históricas até esportes radicais. Vale passear à pé, de bicicleta, barco ou em charretes.

destination-wedding-dica-grecia

Quem é Lela?

Gabriela “Lela” Carvalho Dias trabalha com eventos há 15 anos e há sete montou sua própria empresa, a Lela Eventos. Com escritórios no Rio de Janeiro, Nova Iorque, Paris e Itália, a empresa trabalha com assessoria para o dia do casamento, a organização do casamento desde os primeiros detalhes e, claro, destination weddings. Em março de 2015 ela foi a única brasileira a dar uma palestra no 2nd Annual Destination Wedding Planners Congress (2º Congresso Anual de Planejadores de Destination Weddings), realizado nas Ilhas Maurício.

Para conhecer melhor o trabalho da Lela Eventos, acesse o site e curta a página no Facebook.

Cupcakes no Casamento

Já reparou como cupcakes no casamento ficam lindos? Eles podem ser usados tanto para complementar a mesa de doces quanto como lembrancinhas, podendo ser temáticos e/ou decorados com as cores da festa. Ficam lindos nas fotos e os convidados amam – especialmente as crianças!

Se você está pensando em ter os bolinhos em seu casamento, o infográfico abaixo te ajudará a decidir as quantidades, que variam de acordo com como serão servidos. Além disso, te dá uma dica valiosa de como acertar em cheio no sabor: massa de chocolate e cobertura de brigadeiro preto são a combinação mais desejada!

Cupcakes no Casamento

Cupcakes no Casamento

Origem do cupcake

Cupcake significa “bolo de xícara”. Ele surgiu no Reino Unido, mas foi citado pela primeira vez num livro americano, em 1796. Tem em sua composição farinha, ovos, leite, açúcar e fermento, que formam uma massa leve e macia. A primeira cupcakeria surgiu em Nova York, em 1996, e, desde então, os bolinhos têm se tornado cada vez mais populares, principalmente em casamentos e festas infantis.

Calculando a quantidade

Uma ideia interessante é convidar para o chá de panela, chá de lingerie ou casamento com cupcakes. Nesse caso, você deve calcular um cupcake por família. Se a ideia for utilizá-los como lembrancinhas ou para substituir os tradicionais bem casados, encomende um número equivalente à quantidade de pessoas em sua lista de convidados.

Se for servi-los no buffet, como complemento aos demais doces da festa, calcule um cupcake para cada quatro pessoas. Agora, se você estiver planejando ter cupcakes no casamento como decoração, a dica é colocar 8 bolinhos para cada metro quadrado de mesa.

Cupcakes no Casamento

Escolhendo os sabores

O sabor preferido dos brasileiros é, sem dúvida, chocolate. Mas, se você acha que cupcakes no casamento ficam melhores com massa branca, pode combinar baunilha com uma cobertura de brigadeiro preto ou branco. Outra excelente opção é doce de leite. Coberturas frosting de frutas, embora lindas, não costumam agradar tanto no quesito paladar.

Food Truck no casamento

Food Truck no casamento está na moda, virou queridinho entre as noivas e ganhou a aprovação dos convidados. Já pensou em contratar um para seu casamento?

Na última terça-feira, o casamento da cantora Preta Gil chamou muito a atenção, especialmente de noivas que vivem antenadas em tendências. Todas adoraram a ideia do food truck de acarajé e já começaram a fazer planos para o próprio casamento.

Food Truck no CasamentoFoto: Tracie Domino

Se você foi uma delas, calma lá! Antes de se empolgar, é preciso se certificar de que seu Estado (ou o local onde o casamento será realizado) já regularizou a situação dos food trucks. A partir de 2013, os governos estaduais começaram a se movimentar para criar leis para a circulação e permissões para o funcionamento dos famosos carrinhos de comida de rua em seus territórios. Se a região onde seu casamento vai ser realizado já estiver com tudo certinho, aí sim é hora de partir para o planejamento!

Food Truck no Casamento

No casamento da Preta Gil, o food truck servia exclusivamente acarajé e essa tem sido exatamente a grande sacada dos casais: contratar comidas (ou bebidas) temáticas, que combinem com o casamento e criem um ambiente descontraído.

Nos Estados Unidos, por exemplo, os food trucks costumam ser bastante utilizados em casamentos ao ar livre. Mais ainda, costuma-se contratar os caminhõezinhos para fornecer os mimos doces da festa, sejam eles cupcakes, churros, donuts ou sorvete.

Food Truck no CasamentoFoto: Tracie Domino

O ideal seria contratar um food truck em duas situações: se estiver realizando um mini wedding ou se for utilizá-lo como um acompanhamento para os outros itens que serão servidos aos convidados, seguindo o exemplo de Preta.

Se decidir contratar o serviço, estime que um caminhãozinho consiga atender entre 75 e 80 convidados, assim você evita filas e permite que os fornecedores apresentem produtos de qualidade.

Food Truck no CasamentoFoto: Green Wedding Shoes

Preciso contratar um buffet?

Como dissemos, os food trucks têm sido escolhidos para recepções e festas mais informais e com um número reduzido de pessoas, ou como um complemento para determinada parte da festa (você pode, por exemplo, deixar o food truck no casamento como um “bar de ressaca”, com comidinhas como mini hambúrgueres ou doces, para os convidados irem se recuperando ao fim da festa, antes de ir embora para casa).

Food Truck no CasamentoFoto: Style and Elegance

Food Truck no CasamentoFoto: Wedding Party App

E, apesar de o nome remeter à comida (tradução para o português da palavra “food”), alguns dos carrinhos se especializaram em servir bebidas, o que pode dar à sua comemoração um bar diferente.

No caso de uma festa com muitos convidados, é necessário pensar se o food truck no casamento dará conta de atender à alta demanda, lembrando que funciona como um self service, em que cada convidado vai até o local e escolhe o que vai comer (dentro das opções apresentadas), o que pode gerar filas.

Food Truck no CasamentoFoto: Blovely Events

Food Truck no CasamentoFoto: Wedding Party App

O que servir?

As opções são inúmeras, mas dependem da disponibilidade dos carrinhos. Em geral, os food trucks são especializados (ou seja: trabalham com um tipo específico de comida). Os mais famosos servem comidas rápidas como sanduíches, cachorros-quentes, crepes e churros. Mas é possível encontrar esse tipo de serviço mais voltado para um mercado gourmet, que sirva porções mais sofisticadas.

É importante pesquisar e descobrir qual tipo de serviço você conseguirá contratar em sua localidade e ver se fará sentido com o estilo do casal e da festa.

Food Truck no CasamentoFoto: Society Bride

Food Truck no CasamentoFoto: Society Bride

Vale a pena?

Para um mini wedding, a ideia é sempre bem atraente se comparada ao valor de um buffet completo. Além disso, como se trata de uma opção self service, vocês terão um gasto a menos com contratação de garçons.

Food Truck no CasamentoFoto: Wedding Chicks

No caso de casamentos maiores, o food truck pode complementar ou substituir algum tipo de serviço mais tradicional. Em termos de diversão, fará a maior diferença, pois deixará a festa mais descontraída e aumentará a interação entre os convidados. Eles, aliás, vão adorar a ideia e fazer questão de experimentar as guloseimas oferecidas.

Food Truck  no CasamentoFoto: Unlimited Love

Casamento durante o dia ou à noite?

Não sabe se vai fazer um casamento durante o dia ou à noite? Confira nossas dicas!

Tão difícil quanto decidir o local e a data, é escolher quando realizar o casamento: de manhã, à tarde ou à noite. O horário pode ser um fator decisivo na escolha de diversos outros itens do casamento (e da festa!). Àqueles casais que ainda estão em dúvida sobre o horário, não entrem em pânico, nós te damos uma ajudinha.

Casamento durante a noiteFoto: Divulgação/Google

Casamento durante o dia

As cerimônias e recepções com início marcado entre as 10h e as 17h são o que nós chamamos de “casamento durante o dia”. Esse tipo de casamento costuma ser mais procurado por casais que não estejam tão preocupados em realizar uma grande festa de recepção, mas é um erro pensar que, só pelo casamento ser durante o dia, a diversão será menor.

Por quê fazer um casamento de dia?

Custo

De modo geral, os custos de um casamento durante o dia costumam ser menores, não só pelo estilo da cerimônia e da festa, mas também porque vocês podem poupar em diversos aspectos.

Durante o dia, as chances de se fazer um casamento todo ao ar livre são mais altas, o que diminui custos com a locação (podendo a cerimônia e recepção serem realizadas no mesmo local), deslocamento, decoração (podendo aproveitar as paisagens naturais), estrutura (não são necessários equipamentos de iluminação, por exemplo). O tipo de buffet a ser servido também pode ter um grande impacto no orçamento, seja para aumentar, seja para diminuir os valores gastos.

Casamento durante o diaFoto: True Photography Weddings

Iluminação e fotografia

Grande parte dos fotógrafos fica feliz quando o casal opta for realizar um casamento durante o dia. Acontece que a luz do dia é muito melhor para ser trabalhada nos registros, tanto nas fotos quanto nos vídeos, deixando tudo ainda mais bonito.

Além disso, como já foi dito, é comum haver menos gastos (ou nenhum!) com estrutura de iluminação.

Casamento durante o diaFoto: Dev Khalsa Photography

Casamento ao ar livre

A grande maioria dos casamentos ao ar livre é realizada durante o dia e não é à toa. Em primeiro lugar, é comum que esse tipo de casamento tenha um estilo diferente, mais descontraído, sem perder o romantismo. Depois, o dia possibilita o aproveitamento da luz solar (e da paisagem) para a decoração e fotografias.

Casamento durante o diaFoto: Weddings Italy

O que pode atrapalhar?

O dia vai começar cedo

Vocês precisam conhecer bem seus convidados, os profissionais que querem contratar e a disponibilidade deles e o ânimo de vocês. Um casamento durante o dia – e quanto mais cedo, mais problemático – requer que as pessoas acordem cedo e comecem a se preparar (e isso é ainda pior para os noivos). Se vocês forem pessoas diurnas, não será um problema, mas os grandes amantes da noite podem ficar bem desmotivados.

Do mesmo modo, casamentos em que grande parte dos convidados são mais velhos, ou com um grande número de crianças pequenas, se beneficiam de um casamento diurno, com a grande maioria dos convidados não estando cansados ou precisando ir para casa.

Uma dica para aqueles que pretendem fazer o casamento em um local afastado é que a grande maioria das pessoas se sente mais segura dirigindo durante o dia, ou seja: o deslocamento não seria uma desculpa muito utilizada para justificar as ausências.

Casamento durante o diaFoto: Divulgação/Google

Os dias são mais quentes

Dependendo da época do ano e de onde o casamento durante o dia será realizado, é importante pensar no clima. Independente da estação, o período diurno costuma ser mais quente do que o noturno. Em épocas como o verão, ou em regiões de extrema seca, isso pode ser um inconveniente para vocês e seus convidados.

Casamento à noite

Por quê fazer um casamento à noite?

Tempo, tempo, tempo

Quanto mais tarde for realizado o casamento, mais tempo os noivos terão para se preparar, relaxar e, até mesmo, resolver possíveis problemas de última hora. Ao contrário de um casamento durante o dia, quando falamos de tempo, um casamento noturno traz um cronograma muito mais flexível, com o dia todo (ou parte dele) para realizar qualquer atividade que seja necessária.

Festa!!!

Esse é um ponto controverso. Há quem acredite que uma festa de casamento, daquelas bem tradicionais, com pista de dança, DJ e muita bagunça só pode ser realizada à noite. Besteira! A única coisa que influencia no sucesso de uma festa é o estilo dos convidados e do casal.

As pessoas costumam se sentir mais confortáveis para consumir bebidas alcoólicas no período da noite, e isso pode influenciar diretamente na animação (principalmente daqueles convidados mais tímidos).

Casamento durante a noiteFoto: True Photography Weddings

Mais formalidade

Se vocês desejam realizar um casamento black tie, com vestidos longos e gravatas, esse é o momento. Eventos durante o dia possibilitam um ambiente mais descontraído, enquanto os eventos noturnos costumam ser mais formais.

É óbvio que quem vai ditar o estilo do casamento e dizer aos convidados como deveriam se vestir, são vocês, mas não adianta querer que seus convidados se vistam com trajes de banho no meio do inverno, ou que eles usem casacos de couro no meio do verão carioca.

Casamento durante a noiteFoto: Matt Davis Photography

Temperatura agradável

Ao contrário do que foi dito sobre casamento durante o dia, a temperatura costuma ser um fator positivo para a escolha de um casamento noturno. Com o clima mais ameno (principalmente em algumas estações do ano), o risco de causar incômodo aos convidados é bem mais baixo do que em uma situação de calor extremo.

O que pode atrapalhar?

Casamento ao ar livre

O número de casamentos noturnos realizados ao ar livre é bastante baixa, isso porque um dos principais motivadores para a realização de um casamento ao ar livre são as paisagens, itens que ficariam ofuscados pela iluminação necessária para que todos pudessem aproveitar todos os detalhes (e isso inclui desde seus parentes mais novos aos seus avós, que podem ter dificuldades de locomoção e visão, por exemplo).

Para aqueles que ainda se interessaram por realizar o casamento ao ar livre, é importante lembrar que durante a noite a chance de insetos (e outros animais) aparecerem para atrapalhar a festa e incomodar os convidados são ainda maiores. É bom criar uma estratégia para isso (pode ser incluir repelente no kit toalete, ou montar uma estrutura com proteção onde os convidados estarão).

Casamento durante a noiteFoto: Capturing Moments Photography Blog 

Limite de horas

O maior problema dos casamentos à noite é que, em geral, os buffets e/ou casas de festas possuem um horário de encerramento dos serviços. Pode ser que, para o tipo de celebração escolhida por vocês, não sejam necessárias muitas horas de festa, mas se vocês fazem parte de uma turma animada, que gosta de dançar e fazer bagunça por muitas e muitas horas, o horário limite pode ser uma complicação (e vocês precisam ficar atentos, pois os contatos especificam os valores para as horas extras de serviço, e elas costumam ser bem altas).

Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy

O casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy finalmente aconteceu e, na última noite, só se falava dele! Com a mídia em cima e as redes sociais bombando, as noivas de plantão puderam acompanhar em detalhes o desenrolar do casamento com maior publicidade do ano, que, de tão badalado, até reality show ganhou (foram 12 episódios que você pode assistir clicando aqui).

Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy - InfográficoInfográfico do Casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy

Quer saber o que rolou? Bem, prepare-se para uma chuva de números expressivos. Foram 12 horas de festa, com 700 convidados, 56 padrinhos (28 casais, 14 da noiva e 14 do noivo), uma orquestra com 16 vozes, 200 mil reais gastos em flores (entre elas, 7 mil rosas brancas e 4 mil pétalas de orquídeas), 14 lustres de cristal Baccarat, 27 pratos servidos por 115 garçons, 400 garrafas de Veuve Clicquot, 2400 docinhos, 8 andares de bolo red velvet com recheio de framboesa e chocolate branco e 1 food truck servindo acarajé.

Segundo a revista Veja, se você fosse reproduzir um casamento semelhante ao de Preta e Godoy, desembolsaria algo em torno de 2 milhões de reais. Alguns consideram o casamento Preta Gil e Rodrigo Godoy uma ostentação descabida. Outros defendem o sonho da noiva e são só elogios para o bom gosto e o estilo clássico do casamento. E você? O que acha disso tudo?

5 dicas para evitar golpes de profissionais de casamento

Chega a ser desesperador pensar em ter seu sonho de casamento destruído por um golpista, não é? A boa notícia é que encontrar profissionais de casamento honestos e de confiança é muito mais uma questão de sagacidade que sorte. Por isso, listamos 5 dicas para que você fique esperta e atenta às suas contratações e evite golpes.

Profissionais de Casamento

1. Não feche contrato sem antes pesquisar

Você pode ter se apaixonado pelo trabalho dele, mas, nesse caso, confiar exclusivamente em seus instintos, pode ser um grande erro. Golpistas são carismáticos, têm uma conversa envolvente e tentarão te induzir a fechar contrato com eles o quanto antes. Não se deixe levar por sua insistência e argumentos. Pense a respeite com calma, converse com outras pessoas e pesquise na internet sobre a empresa. Ela tem um site? Há quantos anos está no mercado? Disponibiliza fotos de eventos dos quais participou? Você encontrou depoimentos de outras noivas? Existem processos judiciais contra a empresa?

2. Desconfie de preços muito baixos

Acredite, o mercado de casamentos não faz caridade. Os custos são altos, a responsabilidade é enorme e os profissionais renomados sabem disso. Ao pesquisar, você perceberá que as empresas mais conhecidas cobram uma faixa de preço semelhante dentro de sua especialidade. Encontrar alguém destoando desse grupo por cobrar um valor acentuadamente menor, pode significar uma dessas 3 coisas: é um golpista, é um novato, é um milagre. O novato pode ser realmente incrível, mas “testá-lo” em seu casamento implicará um risco que você terá que considerar e assumir. E, quanto ao milagre, bem, quando algo parece bom demais para ser verdade, ele, provavelmente, não é.

3. Peça referências para noivas e profissionais

Se você participa de um grupo de noivas, aproveite para pedir a opinião delas sobre o profissional em questão. Encontrar avaliações e depoimentos positivos (de pessoas reais, fora do site ou das redes sociais da empresa) é realmente importante por gerar uma confiança muito maior. Outros profissionais do segmento também poderão ajudar com suas impressões, especialmente se forem tradicionais e antigos no mercado. Mas fique atenta e seja esperta ao filtrar informações. Não assuma que todo elogio ou reclamação sejam verdade absoluta – tem quem aumente muito a situação só para criar burburinho.

4. Tenha tudo documentado por escrito

Você até pode conversar com os profissionais de casamento por telefone ou whatsapp, mas sempre deixe decisões e acertos importantes documentados por e-mail – ou, de preferência, num parágrafo bem detalhadinho no contrato. Mesmo que a empresa tenha 50 anos no mercado, um fã-clube de noivas satisfeitas e o dono seja seu tio, isso deixará seu casamento mais organizado e te dará muito mais segurança e tranquilidade. Além disso, se a empresa não cumprir com o combinado e você decidir entrar na justiça, essas provas por escrito serão necessárias quando seu advogado for montar a ação.

5. Mantenha contato com frequência

Se o profissional de casamento for um golpista, esse item será mero paliativo, pois não vai te poupar o prejuízo, mas te ajudará a identificá-lo com maior antecedência – como no caso das noivas brasilienses, que, ao contatarem o decorar para acertar detalhes da festa, descobriram que ele tinha fechado as portas da empresa e viajado para Paris. Nunca situação muito pouco provável (assim esperamos) em que você seja vítima de um golpe, contatar a empresa com frequência (pessoalmente ou via assessoria) te ajudará a encontrar irregularidades e se antever, cancelando o contrato e substituindo a empresa por uma de confiança antes de seu casamento.


Veja alguns golpes recentes de empresas de casamento

Decorador dá golpe em 13 noivas e viaja para Paris

Noiva diz ter casamento destruído após golpe de cerimonialista

Noivas de Goiás – Golpe Buffet

Fotógrafo não aparece em vários casamentos

Noivas são vítimas de golpe de empresa de bolos e doces